O LUCRO DO NEGÓCIO

Patrícia Sena é contadora, diretora fundadora da ANALÍTICA DO BRASIL CONTADORES, especialista em planejamento tributário para pequenas e médias empresas.

Todo investidor deseja lucro, ou seja, quer retorno positivo do capital investido. Mas assim como a definição do LUCRO é importante, conhecer como é feita a formação do preço de vendas é essencial para a obtenção desse retorno tão esperado.

O EMPRESÁRIO precisa diferenciar também, que, o LUCRO é diferente do pró-labore. Enquanto o LUCRO é resultado, pró-labore é o “salário” do sócio que trabalha. A definição do valor do pró-labore mensal a ser percebido por cada sócio, deve ser basicamente a base do que ele pagaria para alguém fazer o que ele faz no empreendimento.

Normalmente, os sócios promovem entre si um acordo de cotistas, que é uma extensão do contrato social, determinando funções gerenciais e definem entre si as áreas de atuação de cada um no negócio. Nesse ato se define também a base do salário que cada sócio receberá por mês, visando o fluxo de caixa e a perpetuidade do negócio.

Assim, o lucro é basicamente o que sobra das vendas, menos o custo das mercadorias vendidas, menos as despesas variáveis e menos as despesas fixas, inclusive o pró-labore. E é essa a premissa do negócio, geração de lucro.

Partindo dessa premissa e sabendo que o resultado é mensurado pelo que sobra, você deve então colocar seu foco nas variáveis que pode e deve controlar dentro da sua empresa e da sua estrutura de formação de preços, que são os custos fixos e variáveis.   

Podemos de certa forma esclarecer que: o lucro de um serviço ou produto é conhecido no exato momento da formação do preço dessa oferta. Assim, temos duas formas de formatar o preço de vendas:

  1. Por Mark-up, que é o valor desejado de margem de lucro adicionado ao preço de custo do produto, ou
  2. Pela Margem de lucro média do seu negócio.

Cada tipo de atividade tem uma margem de lucro. Salientamos que o lucro destina-se a remunerar o capital investido na empresa. É desejável que esse capital seja remunerado no mínimo por volta de 2% a 4% ao mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =